sábado, novembro 04, 2006

O GRANDE PECADO DA OMISSÃO



Temos em mente que os grandes problemas ambientais surgem de políticas equivocadas e de estebelecimento de priodidades que nem sempre são "prioritárias".

Nós, simples mortais, não podemos mesmo fazer muita coisa, a não ser abraçar uma causa ecológica, participar do trabalho de alguma ONG, campanhas, votar em representantes que defendam nossas idéias, protestar.

Mas quando a coisa assume ares de gestão, de políticas públicas, de governo, a omissão é tão grave quanto a ação.

Uruguai e Argentina, no nosso quintal, estão se digladiando sobre a questão da instalação de indústrias de celulose junto a um rio que banha os dois países. A questão toma contornos dramáticos de "desastre ambiental".

O Brasil, tradicionalmente um bom moderador de questões bilaterais, omitiu-se...

Perguntou-se na recente cúpula americana: - Onde está Lulla ?

Comodamente o governo brasileiro procura não se intrometer em questão tão séria, mas admite ajudar o Paraguay em assuntos de defesa (juntamente com o EUA), como contraponto aos tratados de ajuda militar celebrados entre Venezuela e Bolívia.

Ou seja: quando o assunto é armamento e beligerância, tudo é prioritário....quando se fala de desastres ambientais, é somente uma "prioridade secundária, companheiro!".

O que é lamentável, sob todos os aspectos !

Daniel Bykoff, co-editor desse Blog, que já aboliu o papel de tudo que era possível, recorrendo a jornais e revistas digitais, boletos por e-mail, etc.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home