quarta-feira, outubro 19, 2005

IF...part II

Ninguém gostou da primeira, mas sou teimoso...

MORGANA SAYONARA MENEGHEL DA SILVA

Nascida no Rio Grande do Sul, ainda pequena foi para a baixada fluminense,no Rio de Janeiro. Seu pai era segurança de empresa e sua mãe, costureira.
Desde criança, Morgana demonstrava talento para a vida artística. Gostava de cantar e dançar. O reconhecimento veio depressa: aos 5 anos ganhou o primeiro prêmio de dança da creche Caminho Suave.
Cursou o primeiro grau na baixada, indo para uma escola no centro da cidade do Rio durante o colegial. A vida de Morgana não era fácil: ônibus e trem eram disputados como jóias raras pela comunidade local, mas ela sempre foi de garra, de muita luta,sempre determinada a conquistar seus objetivos, lutar pelos seus sonhos.
Aos 15 anos entrou na turma do teatro comunitário e foi ali que realmente descobriu sua vocação: atriz. Encarava o palco com tanta naturalidade que parecia estar em sua própria casa.
A beleza de Morgana chama a atenção do empresário Augustinho Liberato, que promete transformá-la em modelo famosa, com capas de revista e tudo o mais. Sayonara percebera que era sua chance: ao tornar-se modelo, poderiam abrir-se as portas para novelas, filmes, mini-séries.
Com autorização dos pais, Morgana foi para São Paulo, onde Augustinho tinha escritório. Rapidamente já dançava na boate do empresário, a “Fantasy”, localizada na praça da República. Em pouco tempo conquistou uma legião de fãs, que se amontoava à beira do palco para ver Morgana dançar.
Aos 18 anos, descontente com o percentual pago por Augustinho, resolve abandonar a “Fantasy” e aceitar a proposta do empresário M.Matos, um ex-transformista da noite paulistana. A partir daí sua vida profissional alcançou grande projeção.
Com o pulso firme de M.Matos, que abrira mais duas casas noturnas no centro velho de São Paulo, Morgana tornou-se a “rainha da noite da boca do lixo”. Tornou-se amiga e tinha boas relações com empresários, políticos, bicheiros e jogadores de futebol. Foi com um deles, aliás, que estampou seu nome nas capas das principais revistas do país: Morgana namorou durante algum tempo o ex-jogador Zoca, irmão de Pelé.
Tal projeção chamou a atenção de Bob Guccione, criador da Pornhouse e sócio da produtora Buttman films. Morgana seria estrela internacional. A edição da Penthouse com o ensaio nu de Morgana bateu recordes de vendas tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos. Aos 23 anos é a atriz principal do clássico erótico “Love Strange”, onde contracena com um grupo de anões. Tal filme rendeu o carinhoso título de “rainha dos baixinhos”.
Hoje, aos 43 anos, depois de 22 filmes ( dentre os quais os clássicos “Rainha dos baixinhos em Serra Pelada” e “Super Baixinhos dotados contra o baixo astral”) é empresária bem-sucedida e hoje tem sua própria produtora de filmes e é dona de 08 casas noturnas espalhadas pelo Brasil e lançou recentemente um DVD comemorativo dos 20 anos de carreira. Também é a empresária da cantora lírica Gildete Salgado, que saiu de Salvador ainda sem fama e Morgana gentilmente a acolheu em sua humilde mansão da Barra da Tijuca.
Tal sucesso profissional não acompanhou o sucesso pessoal: rompeu uma longa relação com o empresário M.Matos e estaria se entendendo novamente com Augustinho Liberato, hoje dono de um canal de TV erótico. Mantém uma vida discreta e longe dos holofotes da fama, pois preza muito a intimidade de sua filha, fruto de um rápido romance com um médico especialista em reprodução humana.
Posted by Jaime Guimarães, que não gosta de TV

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home