sábado, outubro 08, 2005

RESERVA DE MERCADO E CIÊNCIA

Muito embora eu prefira propor discussões e reflexões sobre temas que surgem no dia-a-dia, sugerindo uma nova abordagem, nem sempre isso é possível. O cotidiano é rico em assuntos relevantes, mas nem sempre estamos antenados e capazes de sintonizar o evento sincrônico a tratar.

Bem, isso veio à tona como introdução para o assunto que pretendo abordar, ainda que superficialmente (mesmo porque me falta o mínimo de competência para tanto): o papel da Filosofia no mundo contemporâneo.

Por que será que a Filosofia (e conseqüentemente os filósofos) estão tão fora de moda e tão difíceis de encontrar nos dias de hoje ? Será que a Humanidade deixou de lado suas dúvidas existências ? Será que já não nos importa saber quem somos, mas somente quando será depositado nosso mensalão ? Ou ainda: será que é menos importante saber de onde viemos, mas quanto tempo ainda demora para nos aposentarmos ? Onde foi parar o glamour dos livros de Filosofia ?

Ainda que diversas respostas possam ser dadas a essas perguntas, arrisco-me a dizer que as dúvidas existências não deixaram de existir, somente que agora elas não são mais objeto da Filosofia.

Parece que os cientistas se ocuparam dessas perguntas e invadiram a seara até então ocupada somente por pensadores. Os experimentos, hoje em dia, são voltados a encontrar a partícula que nos une a todos, a desvendar hologramas, a descobrir o exato momento do Big Bang, a provar a existência (ou não) de outras vidas, e a própria existência de Deus.

Ora, se a Ciência deseja avidamente provar quem somos, de onde viemos, para onde vamos, realmente não sobra muito para a Filosofia (a não ser as respostas às perguntas menos importantes). Numa outra forma de dizer: a Ciência tem se preocupado com o principal; a Filosofia com o acessório.

Faria bem a Ciência em encontrar logo essas respostas para que pudesse, então, responder à pergunta verdadeiramente urgente: como impedir o desastre iminente que nos aguarda? Será preciso uma catástrofe para convencer a todos? Alguém viu as fotos da seca do Amazonas no Perú? Ou será que é tão difícil entender que o crescimento global de riqueza (leia-se PIB) se faz com o empobrecimento do Planeta ?
Daniel Bykoff, que não é cientista nem filósofo, mas que acha que enxerga um pouquinho mais do que alguns palmos à frente do seu nariz.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home