sábado, janeiro 07, 2006

TROFÉU JOINHA 2005


O Instituto Ágora, em Defesa do Eleitor e Cidadania (www.eleitor.org.br), promove uma votação para saber dos internautas qual o projeto, de iniciativa dos vereadores de São Paulo, merece o Troféu Joinha 2005, como o mais excêntrico ou bizarro.

Passei os olhos por lá e votei. Há projetos realmente interessantes fervilhando na Câmara Municipal de São Paulo, e agora entendo porque o orçamento, liberação de verbas emergenciais, votação de projetos de infra-estrutura estão paralisados: há que se decidir as questões urgentes propostas pelos vereadores nesses projetos.

Fico cada vez mais convencido de que não há mais muito espaço para humoristas, tamanho é o desembaraço dos políticos para fazer humor às nossas custas.

Se você, leitor e eleitor, está curioso, eis aqui alguns dos projetos mais interessantes:

1) Institui a pizza como prato típico paulistano – Um grande erro de enfoque, evidentemente. A pizza é um prato típico de Brasília, como todos nós já sabemos há muito tempo;

2) Cancela multas por propaganda eleitoral irregular – O que há de mal nisso, afinal ???? As regras do jogo eleitoral valem somente até o cara ser eleito...depois disso, o que vale é a Lei de Gérson (pobre Gérson, estigmatizado por uma propaganda de cigarros !!!);

3) Permite parcelamento de multa de trânsito – Na certa o vereador ou sua assessoria estavam carregados de multas, daí o repentino interesse em parcelá-las...pena que o cara não tava pendurado em dívida com cheque especial;

4) Obriga a mulher a usar terno feminino no plenária da Câmara – Projeto francamente inconstitucional porque não faculta aos vereadores usarem vestidos;

5) Cria o dia do São Paulo Futebol Clube – Nesse dia todos os paulistanos devem acordar ao som do “Salve o Tricolor Paulista”, vestirem-se de preto, branco e vermelho e comparecerem ao plenário da Câmara para uma partidinha de futebol;

6) Cria o dia do Clube Palmeiras – Idem ao anterior, mas o paulistano deve, obrigatoriamente, vestir-se de verde e branco e consumir a pizza do primeiro projeto acima;

7) Concede título de cidadão paulistano ao Papa Bento XVI – O Papa vibrou de felicidade ao saber dessa iniciativa pioneira...tão pertinente e importante. Tanto que cogitou seriamente em mudar a sede da Igreja para São Paulo;

8) Cria o Dia do Orgulho Heterossexual – Com direito a parada hétero e tudo mais.

Há outros.....mas acho que os que citei acima já são mais do que suficientes para ilustrar o sentimento de impotência que me assola quando vejo do que nossos vereadores são capazes.

Por isso, eleitor, reflita no seu voto. Amanhã ou depois você pode ser convocado para uma parada hetero, homo, bi....pode ser obrigado a homenagear um time para o qual não torce, ou, pior, pode ter que engolir uma pizza como parte dos festejos de aniversário de sua cidade. A minha com massa fina, por favor....
Daniel Bykoff, co-responsável por esse Blog, alerta: votar pode ser prejudicial à saúde. Não deixe que seu vereador faça na vida pública o que ele faz na privada.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home