terça-feira, abril 04, 2006

O CAMINHO DE SANTIAGO





Considero-me um leitor atento, cri-cri mesmo. Talvez de tão ávido por matéria prima para este Blog de mal digitadas linhas.

Mas, enfim, sempre atento, parece que as coisas acontecem realmente para provocar nossa reflexão.

Um desses acontecimentos foi a manchete da semana passada ou retrasada que li no Universo Online – depois corrigida: ANTÁRTICA 2 GRAUS MAIS QUENTE !!!!

Uma verdadeira catástrofe mesmo....para os apreciadores dessa marca da cerveja.

Mas a notícia dizia respeito ao aquecimento do Planeta, ao famoso derretimento da “carlota polar” (essa retirada do ENEM nem sei de quando).

É ! Ainda que o tema central não seja propriamente o exercício do bom jornalismo, ele vai resvalar no despreparo geral que temos testemunhado, com o emburrecimento social e, por via de conseqüência, dos próprios órgãos de comunicação que pretendem informar a essa legião cada dia mais sedenta de “fast news”, no melhor espírito “fast food”.

Não interessa a notícia em si, com princípio, meio e fim. Interessa quando muito saber dos fatos, e mesmo que superficialmente, porque ninguém vai nos perguntar algo mais profundo do que: “Puxa, mas é verdade mesmo ?”. Porque mesmo para perguntar alguma coisa o cara tem que ter preparo.

Eu conto uma coisa há muito tempo para meus amigos, e eles relutam em acreditar....vou tentar com vocês:

Nem sei bem o ano, mas já faz tempo. No ABC paulista existe um jornal chamado Diário do Grande ABC. Circula todo dia, tem todas as editorias, replica textos de outros jornais famosos, etc.

No Caderno Cultura, uma página com retrancas, boxes, infográficos (não, brincadeira, infográfico é coisa da Folha de São Paulo): uma matéria de página inteira, calcada na obra do Paulo Coelho, O Caminho de Santiago.

Havia uma entrevista, com uma jovem, fotografada com o livro na mão. Ela dizia que foi levada a fazer o caminho de Santiago por ter lido o livro. Ficou encantada, fascinada e obcecada por fazer o caminho o quanto antes.

Agora lembrei de mais um box: informações sobre a obra do Paulo Coelho e tudo mais, com os livros publicados, ano, tiragem, etc.

Voltando à jovem, ele falava da realização do seu sonho de fazer o tal caminho. O repórter com suas perguntas inteligentes, etc.

E eu fui lendo, evidentemente não nessa ordem que estou narrando aqui, porque senão o final iria perder a graça.

Um outro Box com preços das passagens e roteiros. E a menina feliz por ter conseguido a grana para fazer a sua viagem, coim muito sacrifício. E aí o grande clímax, verdadeiro furo de reportagem: é possível fazer o caminho de ônibus !!! Isso mesmo meus amigos...

Sai da rodoviária do Tietê, não sei se diariamente, ou quais os dias, um ônibus que chega a Santiago, através de conexões, interconexões, etc.....

Ele chega ao CHILE !!!

Já tiveram a sensação desagradável de sentirem-se envergonhados com as burradas dos outros, ao assistir um filme, novela ou qualquer coisa na TV ? Pois é....fiquei com a sensação de que tinha perdido o chão...

Aquela pobre menina estava fazendo seu caminho de Santiago para o Chile !!!

Até aí tudo bem...porque talvez a jovem realmente viesse a curtir o caminho de Santiago que estava prestes a fazer....talvez encontrasse sua cara metade (se tivesse lido Brida), talvez até encontrasse sua vocação (caso tivesse lido O Alquimista).....

Mas a “barriga” do jornalista, do revisor, do editor de cultura e do próprio editor geral do jornal, que deixaram uma matéria dessas, de página inteira, ser publicada, não me sai da cabeça até hoje, passados seguramente uns 10 anos do acontecido.

Tanto não me sai da cabeça, que foi só ler a manchete da Antártica não tão gelada, que a coisa me voltou à mente.

Por onde andará a peregrina do Chile ? Que fim terá levado o jornalista ? Em qual posição estará agora o editor de Cultura do jornal ?

E porque raio estamos falando sobre isso ?

Talvez para provocar reflexões e troca de informação ? Quem sabe !? Veremos nos comentários....

Mas que é verdade, isso é mesmo....ainda que ninguém acredite (nem minha esposa)

Daniel Bykoff, co-responsável por este Blog, não conhece o Santiago, nunca procurou o seu caminho e não está afins.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home